Santa Casa de Formiga realiza procedimento cardíaco inédito


Na tarde 3 de agosto, aconteceu na Santa Casa de Formiga o primeiro procedimento de TAVI (Implante de valva aórtica transcateter), que foi realizado em uma paciente de 85 anos de idade. O procedimento durou cerca de duas horas e contou com uma equipe composta por 12 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

A TAVI é a sigla para Implante Transcateter de Valva Aórtica, procedimento relativamente novo, realizado de maneira minimamente invasiva, onde um cateter é introduzido na virilha do paciente que tem o diagnóstico de esteonose aórtica, que consiste no estreitamente da valva aórtica, causado geralmente pela calcificação, dificultando o bombeamento sanguíneo e causando sintomas diversos, como tontura, falta de ar e dor no peito.


Inovação

As cirurgias convencionais para este diagnóstico são feitas de maneira aberta, procedimento altamente invasivo e que pode levar a várias complicações, por este motivo, a TAVI é uma maneira inovadora de realizar o tratamento da valva doente sem a necessidade de abrir o tórax do paciente, já que é feita por cateter.

Segundo o médico hemodinamicista, Dr. Robert Alcântara, este é um procedimento que traz menos risos para o paciente. “Além de ser a melhor possibilidade para os pacientes que não podem ser submetidos a cirurgia aberta, existem estudos que comprovam que este procedimento reduz o tempo de internação, algumas complicações e até a morte do paciente”, comentou Dr. Robert.

Últimas Notícias
Arquivo
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square