Santa Casa de Formiga anuncia medidas de preparo em meio à pandemia da Covid-19


Desde o início do, a Administração da Santa Casa de Formiga vem acompanhando a evolução do Coronavírus (COVID-19) na China e, posteriormente ao redor do mundo e, desde o dia 11 de março, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou a pandemia, a entidade vem se preparando, adotando novas e diversas medidas para garantir a assistência de seus pacientes e segurança de todos os colaboradores na prevenção da doença.

A entidade está atenta ao desenvolver dinâmico da pandemia e tomando medidas diariamente a fim de prestar a melhor assistência à população de Formiga e sua microrregião. Foram adotadas medidas de contingências, para que as rotinas fossem alteradas para uma melhor adaptação neste período, que contemplou a compra e estoque de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para o manejo do Coronavírus para todos os funcionários da instituição; a suspensão das cirurgias e exames eletivos na unidade, a fim de manter leitos reservados para os doentes infectados com a Covid-19; a alteração de horários de visitas e diminuição do número de visitantes para que um número menor de pessoas circulem pelo hospital; o afastamento de todos os colaboradores com mais de 60 anos de idade e as gestantes e, principalmente, a ampliação dos leitos de terapia intensiva (UTI) de 17 para 32 leitos, que se dará de forma gradativa, de acordo com o comportamento epidemiológico do Coronavírus.

A ampliação dos leitos da UTI só foi possível com a parceria da Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais, que irá ceder os equipamentos para a estrutura destes novos leitos.

Neste momento difícil, onde os gastos aumentam e a arrecadação diminui substancialmente, a instituição tem contado com o apoio da comunidade em geral, com suas doações individuais e espontâneas; às entidades formiguenses, como a loja Maçônica de Ciência e Virtude e a Fraternidade Otaíde Feltrin, com a doação de 150 litros de álcool etílico, de uso constante na instituição e diversos órgãos públicos, como os vereadores municipais que repassaram à entidade a devolução de verbas parlamentares, no total de R$118mil reais, que serão utilizados para manutenção de equipamentos essenciais para assistência destes pacientes, como ventiladores pulmonares, monitores, entre outros; o Ministério Público e a comarca de Formiga, na pessoa de seus magistrados, que providenciaram o repasse oriundo de prestações pecuniárias, no total de R$ 126mil reais, para uso exclusivo no combate ao Covid-19 e outras tantas ações que tem ajudado bastante na manutenção dos serviços.

A Santa Casa precisa poder continuar contando com o apoio de toda a população para que seus serviços continuem. “A Santa Casa de Formiga é o único hospital da cidade, por isso, é importante que todos sigam as orientações sanitárias para evitar o contágio da doença. Estamos nos esforçando, ao máximo, e fazendo um bom trabalho, equipando e treinando a nossa equipe para administrar, da melhor forma, essa pandemia”, comentou o Diretor Técnico da entidade, Dr. Yuri Amorim.



Últimas Notícias
Arquivo
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square

Rua Dr. Teixeira Soares, nº 335 - Centro - Formiga/MG      Telefone (37) 3329-1300